Só pra te provocar (Cristina Martim Branco)

martimbranco

Eu não sou eu nem sou o outro,
Sou qualquer coisa de intermédio […]”.
Mário de Sá-Carneiro

Reinventar o olhar, transformar o tempo em matéria palpável, diminuir o espaço entre o eu instância lírica e o eu de cada leitor que se aventura no jogo de palavras proposto no poema, eis o projeto artístico-poético de Cristina Martim Branco.

A poeta explora, em formas breves, representações imagéticas pendulares que se movimentam nos limites entre a solidão e o desejo; a saudade e o tempo que se esgarça na ausência. Sua composição leve e delicada remete o leitor ao universo das iluminuras, não apenas pelas imagens criadas, que provocam os sentidos, sobretudo o olhar, mas pela possibilidade de iluminar/revelar caminhos para a busca de um eu fragmentado que se faz palavra à procura de si mesmo no outro.

Os poemas, às vezes, miniaturas, ainda são enriquecidos pela musicalidade feita palavra e a palavra transformada em sonoridade. A obra é um convite a um universo de singularidades e transposição de afetividades no âmbito artístico.

Erivoneide Barros
Mestre em Letras pela Universidade de São Paulo na área de literatura e cultura russa, especializada em Psicopedagogia Clínica pelo Centro Universitário Assunção e Licenciada em Letras pelo Centro Universitário Fundação Santo André. É membro do Grupo de Pesquisa e Estudo Eisenstein no Século XXI (FFLCH/ DLO/ USP) e do Conselho Editorial da Revista Gente de Palavra.

R$ 20,00

Frete: R$ 5,00 para qualquer lugar do país

Entrega em até 10 dias úteis

Banco 104 – Agência 0448-0 (Caixa)
Conta: 07640 — Renato de Mattos Motta
Operação 013

Comments are closed.