Nervoroso Beijo (Luciana Chaves)

nervoroso-beijo

O formalista russo Viktor Chklóvski desenvolve, em sua teoria, a noção de estranhamento. De acordo com o autor, a arte torna possível uma determinada visão de um objeto por meio das sensações, isto é, não é apenas o seu reconhecimento imediato. O espectador afasta-se do mundo comum para uma nova dimensão que é apenas possível no âmbito da arte. Daí a ideia de estranhar: o leitor, por exemplo, de poesia, reconhece elementos do mundo comum mas, nos versos do poeta, estes se tornam singulares, novas imagens, frutos de novas combinações.

Este trabalho sutil, de reinventar seu mundo imediato, ocorre nos poemas de Luciana Chaves. A poetisa (ou poeta, como preferia Cecília Meireles) demonstra maturidade poética ao brincar livremente com a estrutura, passar pelos gêneros sem perder o contato com a poeticidade. O domínio da forma também se manifesta no modo como é trabalhada a sonoridade e o ritmo dos poemas. Destaco o manejo consciente da pontuação na construção de sentido, totalmente integrando forma e conteúdo, algo que não é simples de se construir. (Erivoneide Barros, mestranda em Letras/USP)

R$ 20,00

Frete: R$ 5,00 para qualquer lugar do país

Entrega em até 10 dias úteis

Banco 104 – Agência 0448-0 (Caixa)
Conta: 07640 — Renato de Mattos Motta
Operação 013

Comments are closed.